London Calling

Esse post é OFF TOPIC. Ou não. Depende do seu ponto de vista. 🙂

Há um ano e meio, os leitores desse blog fazem parte da minha vida e da vida do Theozão. Então, de certa forma, sinto como se “devesse satisfações” a vocês. Pelo menos no que diz respeito às grandes movimentações da nossa vida.

Eu nunca tive medo de mudanças. Sempre fui meio nômade. Minha mãe sabe, de cabeça, quantas mudanças fizemos quando eu e meus irmãos éramos pequenos. Fomos de Divinópolis para Governador Valadares, de Valadares para Belo Horizonte, mudando de casas algumas vezes em cada uma dessas cidades. Depois, saí da casa dos meus pais, em Belo Horizonte, recém formada, na cara e na coragem, e vim morar em São Paulo. De São Paulo, fui para o Rio de Janeiro, onde morei por dois anos e meio a trabalho. E voltei pra São Paulo. Também nem vou comentar as mudanças internas nas duas cidades porque vocês vão se cansar e parar de ler.

E o motivo de eu estar escrevendo esse post é uma mudança grande. Enorme. Daquelas que assustam, dão frio na barriga, mas também excitam. A partir de setembro, nossa família vai se mudar para LONDRES. Isso mesmo. Vamos para o Reino Unido, terra da rainha, Chaplin, Charles Dickens, Shakespeare, os Beatles e várias outras pessoas ilustres.


A linda Tower Bridge (arquivo pessoal)

A linda Tower Bridge (arquivo pessoal)


  Eu já conhecia Londres a passeio e amei. Simplesmente adoro uma boa “velharia”: monumentos antigos, castelos, muita história, muita arte e cultura. Só pra vocês terem uma noção de como a cidade é encantadora:


A Torre de Londres com a Tower Bridge ao fundo (arquivo pessoal)

A Torre de Londres com a Tower Bridge ao fundo (arquivo pessoal)



Catapulta na Torre de Londres (arquivo pessoal)

Catapulta na Torre de Londres (arquivo pessoal)



O Parlamento (arquivo pessoal)

O Parlamento (arquivo pessoal)



Até as placas são encantadoras (arquivo pessoal)

Até as placas são encantadoras (arquivo pessoal)



Os portões do Palácio de Buckingham (arquivo pessoal)

Os portões do Palácio de Buckingham (arquivo pessoal)



Ele, o Big Ben. E a linda plaquinha do metrô. (arquivo pessoal)

Ele, o Big Ben. E a linda plaquinha do metrô. (arquivo pessoal)



E um tesouro histórico: A Abadia de Westminster. (arquivo pessoal)

E um tesouro histórico: A Abadia de Westminster. (arquivo pessoal)


  Mas chega de falar das coisas que eu gosto. Eu acho que todo mundo aí deve estar pensando “e o Theozão??”. Pois bem. Depois de fria análise (cof, cof), cheguei à conclusão de que o Theozão vai ser muito feliz em Londres por vários motivos. E aqui vão eles:


Em Londres, tem batata frita. Com peixe, que o Theo também ama. Aliás, esse é o prato mais tradicional de lá (fish & chips)

Em Londres, tem batata frita. Com peixe, que o Theo também ama. Aliás, esse é o prato mais tradicional de lá (fish & chips)



Lá, tem a London Eye. Theozão adora elevador panorâmico...imagina isso?? (arquivo pessoal)

Lá, tem a London Eye. Theozão adora elevador panorâmico…imagina isso??



Em Londres, tem uns guardas com chapéu engraçado, que o Theozão vai querer tirar, com certeza. (arquivo pessoal)

Em Londres, tem uns guardas com chapéu engraçado, que o Theozão vai querer tirar, com certeza.



Em Londres, tem um lugar que faz cupcakes deliciosos. Coisa que o Theozão também ama. (arquivo pessoal)

Em Londres, tem um lugar que faz cupcakes deliciosos. Coisa que o Theozão também ama.



...e tem mini cooper velhinho, do jeito que o pai do Theozão adora! E ele vai gostar também, com certeza! (arquivo pessoal)

…e tem mini cooper velhinho, do jeito que o pai do Theozão adora! E ele vai gostar também, com certeza!



Também tem parques, como o Kensignton Gardens, pra ele correr bastante. Mesmo no frio que, esse dia, tava de 3 graus (ainda bem que o Theozão é calorento!).

Também tem parques, como o Kensington Gardens, pra ele correr bastante. Mesmo no frio que, esse dia, tava de 3 graus (ainda bem que o Theozão é calorento!).



Tem, também, uma linda estátua do Peter Pan, aquele menino que não queria crescer e que voou lá no Big Ben!