Querido Papai Noel

Querido Papai Noel, Não sei muito qual é a sua. Na verdade, ano passado, você foi na escola onde eu estudava e me fizeram ir falar com você. Tenho que confessar que deu um medinho. Você usava uma roupa brilhosa, vermelha, e tinha um negócio branco enorme do rosto e no cabelo, parecendo um algodão.

Natal na Russell School


Dizem que você traz presentes para as pessoas. E que eu devo escolher o que eu quero. Minha lista é singela, mas fui um bom menino e gostaria que você considerasse:

  1. Eu gostaria muito de aprender a me comunicar melhor com o meu pai e a minha mãe. É muito frustrante estar com algum sentimento ruim – como o medo, ansiedade ou até alguma dor – e não conseguir explicar isso pra eles. Quando isso acontece, eu choro muito. E percebo que eles ficam tristes também. É ruim pra todos nós, né?!

  2. Também quero aprender a me comunicar melhor com a Lola. É muito ruim quando ela vem roubar os meus brinquedos e não consigo dizer “não” pra ela.

  3. Queria, também, que as pessoas parassem de falar de mim na minha frente como se eu não estivesse ali. Sabe, Papai Noel, eu entendo TUDO. E é muito ruim não poder participar da conversa.

  4. Queria que as outras crianças entendessem que eu gosto de brincadeiras diferentes. Mas que, com muita paciência e com a ajuda de um adulto, a gente pode encontrar algo que seja legal pra todo mundo!

  5. Queria que as pessoas entendessem que eu não sou esquisito. Eu só não aprendi a falar ainda. Mas eu tenho que me expressar de alguma forma, não é?! Por isso eu faço os meus barulhos e me movimento de forma diferente.

  6. Queria que as crianças como eu tivessem os mesmos direitos de todas as outras. Eu ouço a minha mãe falar que algumas escolas não aceitam meus colegas. Por que? O que eles fizeram de errado?

  7. Queria que todos entendessem que eu não sou melhor nem pior que ninguém. Sou uma criança que acha muito fácil fazer algumas coisas e muito difícil fazer outras, mas tenho potencial pra fazer muito mais do que imaginam.

  8. Queria que todas as pessoas consideradas diferentes tivessem oportunidades iguais. E que as crianças fossem ensinadas desde cedo que cada um tem seu jeitinho, sua cor, até sua roupa vermelha e brilhosa, mas que todo mundo tem o direito de ser feliz!

Pra terminar, quero que inventem um avião que traga meus avós pra cá em 1 hora! Ah, e quero um saco enorme daquela bala azedinha!

Com amor,  

Theo

  1. Facebook

  2. Twitter

  3. E-mail

#autismoinfantil #autismoenatal #cartadecriançaautistaparapapainoel #andreawerner #sobreautismo #cartinhaparaoPapaiNoel #autismo #criançaautista #oautismo #transtornodoespectroautista #autismoepapainoel

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

Copyleft © 2021 Instituto Lagarta Vira Pupa.

 

O conteúdo deste site, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário, está licenciado sob a Creative Commons by-sa 3.0 BR.