Retrospectiva 2013


arquivo pessoal


Como foi o seu ano de 2013? O meu foi intenso.

Comecei caçando briga com a psicóloga do Faustão, depois bati de frente com uma deputada pela inclusão dos autistas e até questionei gente tida como inquestionável. Isso tudo me trouxe vitórias mas, também, muita dor de cabeça.

Toda situação extrema faz a gente romper e estreitar laços. O meu saldo, graças a deus, foi muito positivo. Ganhei amizades preciosas esse ano, como a Luiza e a Karla Coelho, duas pessoas com as quais comecei a interagir batendo boca no Facebook (hahaha). E estreitei muito a amizade com a querida Silvia Ruiz, mãe do Tom, e com a Fausta Cristina, pessoa que parece que eu conheço há anos e anos.

A Fausta (Cris) parece que lê a alma da gente. Dentre todas as nossas conversas (faladas ou escritas), ela me disse uma coisa que nunca vou esquecer: “Gosto de você Déa por um milhão de motivos, mas gosto sobretudo desta sua disposição em abraçar o mundo primeiro e depois administrar o que veio sem pré-conceitos, nem julgamentos”.

Acho que ninguém nunca me leu tão bem…e, nessa de abraçar o mundo e depois administrar, vim parar em outro país. Outro idioma. Outra cultura, outros processos, outras burocracias, rótulos e políticas.

Encarei de frente um dos meus grandes medos: fiquei 2 meses com o Theo em casa – sem escola, sem terapias, sem atividades – e sobrevivi. Ele sobreviveu também! Vi que sou mais forte do que imaginava. Vi que meu filho é muito mais flexível do que eu pensava. Todos aprendemos.

Se uma palavra define o meu ano de 2013 é GRATIDÃO. Pelas oportunidades, pelos aprendizados, pela nova vida. Gratidão pelas novas possibilidades que se descortinam à nossa frente. Gratidão por estar viva e com saúde enquanto tantas pessoas perderam entes queridos. Por poder continuar acompanhando a vida e os progressos do meu filho.

Se cabe uma segunda palavra, ela é AMOR. Da minha parte, muito amor recebido e doado pela família, pelos amigos antigos, pelos novos. Da parte do Theo, tanto amor doado e tantas vidas tocadas por esse garotinho de 5 anos.

Tantos depoimentos lindos de pessoas que conviveram com ele no Brasil. Tanta coisa linda pra contar.

Por isso, achei válido resumir o ano do Theozão em um vídeo para compartilhar com vocês. Espero que vocês sintam, daí, todo esse amor. E que possam encarar 2014 com alegria, força, e muita gratidão!


  1. Facebook

  2. Twitter

  3. E-mail

#autismoinfantil #andreawerner #sobreautismo #autismo #oautismo #retrospectiva2013

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

Copyleft © 2021 Instituto Lagarta Vira Pupa.

 

O conteúdo deste site, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário, está licenciado sob a Creative Commons by-sa 3.0 BR.