Usando recursos visuais

Tenho tido várias reuniões aqui em Estocolmo com o pessoal do Autism Center, a divisão que cuida das crianças autistas no “SUS” daqui. A última foi com a psicopedagoga, que me deu algumas dicas para tentar melhorar o comportamento do Theo em casa.

Já comentei com vocês que estávamos passando por uma fase difícil. Saturno deve ter se alinhado com Plutão, ou foi a primavera que chegou, mas o fato é que ele resolveu melhorar sozinho. 😀

Mesmo assim, achei as dicas legais, vou implementar e queria compartilhar com vocês. Afinal, foi isso que a gente combinou! Falando honestamente, eu já conhecia a ferramenta, mas não achava que serviria para o Theo.

Os recursos visuais

Sempre tentei antecipar as coisas para ele. Vez ou outra, só nos acontecimentos mais importantes (como uma viagem de avião de 11 horas), eu usava as histórias sociais. De resto, eu falava mesmo: frases curtas e sem informação em excesso. E achava que funcionava.

Mas a orientação aqui é sempre usar o visual, pois as crianças autistas, em sua maioria, se dão melhor “vendo” o que vai acontecer. Sentem-se mais seguras. A antecipação da rotina funciona melhor.

É importante salientar que essa ferramenta não é só para ser usada em casa. As duas escolas por onde o Theo passou, tanto em Londres quanto em Estocolmo, usam na sala de aula.

Você, professor ou auxiliar de criança autista no Brasil, pode fazer isso facilmente!

Se você já usa PECs em casa, não é nada muito diferente. As imagens, inclusive, são as mesmas (fotos ou pictogramas com a palavra escrita embaixo). O que você precisa para criar os calendários visuais:

  1. 1 folha de cartolina para fazer a base (eu uso verde)

  2. 1 plastificadora (A Kalunga vende um modelo pequeno e mais em conta, por R$ 272. Se ficar pesado, uma opção é dividir a compra e o uso com alguma amiga que também tenha criança autista);

  3. Lâminas de plastificadora;

  4. Fotos e ou pictogramas (já vou falar mais sobre isso);

  5. Uma impressora colorida;

  6. Velcro.


O calendário com as atividades do dia (måndag: segunda-feira) que é usado na classe do Theo

O calendário da sala do Theo fica colado na lousa. À medida em que eles vão fazendo a atividade, a imagem correspondente é retirada (ela fica presa ali com o velcro). Como ainda estou fazendo os do Theo, achei uma boa quantidade de exemplos na internet onde podemos nos inspirar. Aí vão eles!


Calendário com as atividades da manhã. O que for sendo terminado, passa para o lado direito. Esse eu tirei daqui: http://bit.ly/1OylM9M

Você pode, também, fazer um só com todo o cronograma da semana (cada dia na vertical). Ou, ainda, um dividido em manhã, tarde e noite. Tudo depende do perfil do seu filho. Se ele ficar confuso com muitas imagens de uma vez, melhor usar o mais simples possível.


fonte: http://bit.ly/1GrJfjj

Um outro exemplo bem legal de calendário da parte da manhã:


fonte: http://bit.ly/1byWeYc

Outra coisa mais simples é para lembrá-los da ordem das tarefas (principalmente quando eles querem ir direto ao que interessa mais). É um esqueminha com quadradinhos, o “Primeiro” e o “Depois”, onde você coloca as figurinhas das atividades.


“Primeiro” e “depois”

Outro uso que eles fazem muito na sala de aula: os esquemas visuais ajudam a ensinar meses, dias da semana e até estações do ano (coisa que aqui é muito importante :D). O professor começa guiando a mão da criança para que ela selecione a figura correta e coloque no quadrinho abaixo, indicando o mês (ou semana, dia, etc). Com o tempo, ela começa a fazer sozinha.


Fonte: http://bit.ly/1HSweoA

E há vários outros usos para os esquemas visuais. Você pode, por exemplo, explicar para a criança o que é um “bom comportamento” e um “comportamento ruim”…


Fonte: http://bit.ly/1IiaDF6

…para dar a “ilusão do controle” (você coloca nesse quadro algumas opções para que a criança escolha a atividade que quer fazer)…


A criança escolhe a atividade dentre as do círculo e coloca a figura no meio

…e até pra ensiná-lo a respirar fundo 5 vezes pra se acalmar. 😀


http://bit.ly/1J6m40U

Enfim, existem milhares de exemplos na internet. Infelizmente, a maioria ainda em inglês. Mas não é nada tão difícil de traduzir, porque, para uma criança autista, menos é mais. Geralmente são usadas palavras curtas. E, para terminar, esse que eu achei sensacional para indicar as ordens das tarefas. Mais didático, impossível!


“pentear o cabelo, lavar o rosto, escovar os dentes”. Fonte: http://bit.ly/1IibgyC

Muito legal, né?! Cada um deve customizar de acordo com as necessidades e o desenvolvimento da criança. Quanto a usar fotos ou pictogramas, tudo depende da capacidade de abstração da criança. Se você ainda não sabe se ela entende figuras (desenhos como representação de algo), use fotos. Se ela entende bem figuras, passe para os pictogramas. O Theo usa os dois, porque ainda não há pictogramas legais para algumas coisas que ele gosta.

Existem softwares cheios de pictogramas disponíveis para compra. Mas tem um gratuito muito bom chamado Picto Selector que você pode baixar AQUI. Você também acha isso facilmente para download usando o “Google Images”.

Gostaram? Depois dou notícias de como vão as coisas por aqui e vou postando na fan page, aos poucos, as coisinhas que desenvolvi customizadas para o Theo!

Obs: as fotos sem link de referência foram tiradas por mim mesma no Autism Center.

  1. Facebook

  2. Twitter

  3. E-mail

#blogmaterno #autismoinfantil #pecs #antecipaçãodarotina #maternidadeeautismo #andreawerner #sobreautismo #calendariosvisuaisparaautismo #maternidadeespecial #autismo #oautismo #transtornodoespectroautista #autismonaescola #suportesvisuais #ferramentasparaescolasinclusivas #autismoerotina #autista

Quem somos

Missão e Valores
Seja uma embaixadora

Blog

Loja

Eventos

Política de privacidade
Imprensa

Contato

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

Copyleft © 2020 Instituto Lagarta Vira Pupa.

 

O conteúdo deste site, exceto quando proveniente de outras fontes ou onde especificado o contrário, está licenciado sob a Creative Commons by-sa 3.0 BR.